sábado, 15 de junho de 2013

PLURALIDADE CULTURAL

“História, Cultura e Diversidade nas Relações Sociais”






Introdução e Justificativa:

Percebendo que não nascemos inteiramente prontos para viver e que necessitamos de cuidados orientações e ensinamentos para nos tornarmos de fato humanos na medida em que convivemos e aprendemos com outras pessoas em uma determinada cultura e por meio desse aprendizado na vida social, formamos nossa personalidade e elaboramos nossos planos de vida, nossos sentimentos e desejos. Ter uma visão de mundo, avaliar determinado assunto sob certa ótica, nascer e conviver em uma classe social, pertencer a uma etnia, ser homem ou mulher, são algumas das condições que nos levam a pensar na diversidade humana, cultural e ideológica, e, consequentemente na Alteridade, isto é, no outro ser humano, que é igual a cada um de nós, e ao mesmo tempo, diferente.
No entanto, existe uma grande dificuldade na aceitação da diversidade em uma sociedade ou entre sociedades diferentes, pois os seres humanos tendem a tomar seu grupo ou sociedade como medida para avaliar os demais, surgindo assim o Etnocentrismo um dos responsáveis pela geração de intolerância e preconceito – cultural, religioso, étnico e político. 
Identificamos a importância de desenvolvermos ações que possam  proporcionar aos alunos do ensino fundamental e médio, a valorização cultural do país em que vivem e um contato com a pluralidade cultural de outros países, particularmente, da cultura inglesa, para que estes educandos compreendam que além da nossa cultura, existem outras muito diferentes e a partir desse conhecimento, possam compreender e adquirir a alteridade.
A pluralidade cultural indica, antes de tudo, um acúmulo de experiências humanas que é patrimônio de todos nós, pois pode enriquecer nossa vida ao nos ensinar diferentes maneiras de existir socialmente e de criar um futuro melhor. 


Objetivo Geral:


Desenvolver um trabalho interdisciplinar e transdisciplinar, proporcionando aos alunos do ensino fundamental e médio, alteridade e compreensão sobre pluralidade cultural, se apropriando da sua própria cultura desenvolvendo o patriotismo, conhecendo a de outros países, respeitando outras crenças, normas e valores, promovendo a integração e enraizando o respeito às diferentes manifestações culturais.



                              




Paratodos

Chico Buarque

O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Meu maestro soberano
Foi Antonio Brasileiro
Foi Antonio Brasileiro
Quem soprou esta toada
Que cobri de redondilhas
Pra seguir minha jornada
E com a vista enevoada
Ver o inferno e maravilhas
Nessas tortuosas trilhas
A viola me redime
Creia, ilustre cavalheiro
Contra fel, moléstia, crime
Use Dorival Caymmi
Vá de Jackson do Pandeiro
Vi cidades, vi dinheiro
Bandoleiros, vi hospícios
Moças feito passarinho
Avoando de edifícios
Fume Ari, cheire Vinícius
Beba Nelson Cavaquinho
Para um coração mesquinho
Contra a solidão agreste
Luiz Gonzaga é tiro certo
Pixinguinha é inconteste
Tome Noel, Cartola, Orestes
Caetano e João Gilberto
Viva Erasmo, Ben, Roberto
Gil e Hermeto, palmas para
Todos os instrumentistas
Salve Edu, Bituca, Nara
Gal, Bethania, Rita, Clara
Evoé, jovens à vista
O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Vou na estrada há muitos anos
Sou um artista brasileiro










                                               Encenação Teatral "Integração entre as culturas"






                             ADRIANA APARECIDA TOSCANO ERENO








                                AMANDA RAQUEL DE MENEZES





                                                  MARCIA GARCIA QUIRINO


                                          PESQUISA  NA WIKIPÉDIA
















segunda-feira, 3 de junho de 2013

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NAS AULAS DE SOCIOLOGIA








Planejando as ações.














Apresentação dos trabalhos sobre diversidade cultural








                                     








 Encenação teatral



                                     

                                     




 Jogando Capoeira





As aulas de Sociologia ministradas pela professora Amanda Raquel de Menezes tiveram a participação dos alunos, protagonistas, que desenvolveram ações referentes a Diversidade Cultural. Essas ações visam proporcionar aos alunos do ensino fundamental e médio que frequentam a E.E.Dr. Geraldo Pereira de Barros alteridade e compreensão da pluralidade cultural, se apropriando da sua própria cultura desenvolvendo o patriotismo, conhecendo a de outros países, respeitando outras crenças, normas e valores, promovendo a integração e enraizando o respeito às diferentes manifestações culturais.


segunda-feira, 27 de maio de 2013

PLANO DE AULA DO GRUPO 03 DO CURSO MELHOR GESTÃO, MELHOR ENSINO



Um plano de aula deve ser objetivo e claro, sem rodeios  para que os alunos entendam com tranquilidade.


" Aprendendo porcentagem"
________________________


Para aprender porcentagem os alunos precisam saber em primeiro lugar números decimais, conhecê-los e  se familiarizar-se com eles; conhecer dinheiro, utilizar corretamente a calculadora, saber frações, razões,  as quatro operações fundamentais da matemática( adição, subtração, divisão e multiplicação), saber regra de três simples e composta e unidade de tempo.

O  professor precisa trabalhar todos esses conteúdos para que o aluno consiga compreender a porcentagem.

alunas:
Maria Isaura Nachabar da Silva
Maria Cristina Faraco